4 de junho de 2011

Loucos no Hospício

                                                       

Uma vez, em um hospício daqueles que Deus nos acuda, haviam dois loucos ''conversando'' coisas sem noção.

- Dããã.... Viu a novela de ontem? Nham... nham...
- Mmm.... Qual? Aquela que um menino sai voando de bicicleta com um etê? Baah baah...
- Nhaim!! Você é bobo demais!
- Bobo é você! Nhaim...nhaim...

E assim foi a discução dos dois, até que um deles escorregou num tapete de seda e caiu com tudo no chão... Ficando mais louco ainda!

- BÁÁÁÁÁÁÁ
- Quem é você? Nham.. nham... - disse o que não tinha caído.
- BÁAANNN... QUEEE??!!
- Disse se você é uma barata... Nham nham...
- NNNN!!! BARATA??!! LA CUCARA..TCHÁ!!
- Naim... naim... Isso é um funk... Eu acho...
- Quem é você??
- Eu sou o quem é você... baahhh...
- Tá tudo errado... Eu sou o quem é você!
- Então quem é você?
- Eu sou o quem é você...

E assim lá se foi os dois se discutindo... até que eles escorregaram e os dois cairam de cabeça no chão. Com tanta pancadaria, os dois recuperaram a memória:

- Ann? Espedito!!
- Benedito!! Quanto tempo!!
- Que estranho... Eu me lembro da última vez que estávamos brigando por alguma coisa...
- Eu também! Tente lembrar!

Os dois ficaram pensando... pensando.. pensando.... pen... BUM!! Pensaram tanto que a inteligência foi além de onde Judas perdeu as botas, as calças e etc.

- Dããã.... Quem é você?
- Nhh!! Acho que sou o quem é você!
- Baaahh!!! Baahhh!! Eu sou o quem é você!!

E lá se vai repetir tudo de novo...

- Quem é você voz do além?!
Sou o narrador e quem tá no além é sua avó!!
- VOVÓ?! QUANTO TEMPO!! TÁ CONTANDO HISTÓRIA??!!
- BAAAH!! SÁ PÁ LÁ!! TAMBÉM QUERO ESCUTAR VOVÓ!!
- Não!! A avó é minha!
- Não!!! Minha!!
- Minha,minha,minha...

E como eu ia dizendo, lá se vamos nós de novo...
- VO...
NÃO FALA NADA!!! Coloca um FIM logo!!!




FIM

P.S. - Dããã... Que letrinhas mais bonitinhas... Pra que elas servem?!

Trem de Ferro


Trem de ferro, trem de minas.
Trem elétrico, trem bala.
Todos param em uma estação...
Copacabana...Eldorado...Tóquio...
Mas nenhum deles passa no meu coração.
Onde está, o trem da alegria?!
Onde está... O trem da amizade?!
Na verdade, o trem sou eu.
Só tem que acordar um pouco
E pensar nos sentimentos que a vida tem.
Trem de ferro, trem de minas...
Vá rápido pra bem longe,
Para ver minhas ''minas''...

3 de junho de 2011

Voltamos!!

Olá autores! Voltamos a todo vapor em junho para continuar escrevendo poemas e outros!! O título NÃO ESTÁ SENDO MUDADO, mas está em reformas (será feito uma montagem de fundo). Voltamos a receber vocês com carinho e dedicação com poemas e textos!


Atenciosamente
Mr.Chapeleiro